• Vitor Miranda

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL e MELHOR ROTEIRO ADAPTADO (JANEIRO)


A categoria de Melhor Roteiro Original parece bem previsível e com um número baixo de possibilidades. Being the Ricardos, Don't Look Up, The French Dispatch, King Richard e Licorice Pizza foram os indicados ao Writers Guild of America (WGA) de Melhor Roteiro Original. O WGA possuí regras restritas que todo ano acaba impedindo que certos filmes sejam elegíveis para o prêmio, que nesse caso foi o que afetou Belfast. Dos indicados, Being the Ricardos, Don't Look Up e Licorice Pizza foram indicados ao Globo de Ouro, que acabou indo para Belfast. Aaron Sorkin, Adam McKay e Paul Thomas Anderson são queridos pela bancada dos roteiristas e devem facilmente serem indicados por seus trabalhos nesse ano que tem sido escasso de bons roteiros originais. King Richard e Belfast devem se juntar a eles baseados nas forças de seus filmes. Possibilidades distantes são The French Dispatch e C'mon C'mon.


Apostas finais:
1. Belfast (⬆)
2. Licorice Pizza (⬇)
3. Don't Look Up (=)
4. Being the Ricardos (⬆)
5. King Richard (⬇)

Com diversos filmes inelegíveis ao WGA, os indicados foram: CODA, Dune, Nightmare Alley, tick, tick...BOOM e West Side Story. Tendo em mente que The Power of the Dog e The Lost Daughter são apostas seguras, os competidores mais prováveis dessa lista são Dune, CODA e West Side Story pela força de seus filmes na temporada de premiações. Com a aversão que a bancada de escritores tem de musicais, acho pouco provável que Tick Tick Boom repita essa indicação no Oscar, por melhor que sua trajetória tenha sido. Nightmare Alley corre por fora mas a indicação no WGA parece mais uma indicação filler pela falta de competidores reais na disputa.


Apostas finais:
1. The Power of the Dog (=)
2. The Lost Daughter (⬆)
3. Dune (⬆)
4. CODA (⬇)
5. West Side Story (⬇)