• Vitor Miranda

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL e MELHOR ROTEIRO ADAPTADO (DEZEMBRO)


Com a recepção mista de filmes como Don't Look Up e Being the Ricardos, Belfast e Licorice Pizza se estabelecem como os principais concorrentes na categoria de Melhor Roteiro Original.


Licorice Pizza tem liderado no número de vitórias nas associações dos críticos e Paul Thomas Anderson é um nome conhecido e respeitado pela bancada dos roteiristas. Essa categoria é umas das únicas em que Licorice é competitivo para vitória, o que pode servir de incentivo para decidirem finalmente premiar PTA.


O que atrapalha o caminho de Thomas Anderson é Belfast. O filme que continua como favorito a Melhor Filme pode se beneficiar do seus status de favorito e garantir uma vitória nessa categoria que ainda parece incerta.


King Richard e Don't Look Up ainda são apostas seguras. Talvez uma vitória esteja um pouco distante, mas McKay é suficientemente respeitado para conseguir triunfar sobre as críticas mistas que o filme recebeu e garantir sua indicação.


É comum que filmes consigam suas únicas indicações nessa categoria, como exemplo recentes temos Knives Out, 20th Century Women e The Big Sick. Nesse ano, filmes como Mass e C'mon C'mon podem repetir esse feito, enquanto longas internacionais como A Hero e The Worst Person in the World são possibilidades distantes.


Apesar das críticas mistas, Sorkin é um roteirista que costuma emplacar seus projetos, mas vale a pena recordar que o diretor/roteirista não conseguiu indicações por Steve Jobs e Molly's Game, o que pode demonstrar uma certa resistência que alguns membros da bancada possuem contra o seu estilo de roteiro.


Apostas finais:
1. Licorice Pizza
2. Belfast
3. Don't Look Up
4. King Richard
5. C'mon C'mon

A categoria de Melhor Roteiro Adaptado é uma das menos competitivas do ano, muitos dos possíveis competidores aqui não fazem muito sentido como indicados, mas pela escassez de boas adaptações, é provável que teremos um grupo bem distinto de indicados.


The Power of the Dog, The Lost Daughter e Tick, Tick...Boom (todos da Netflix) parecem fortes candidatos na categoria. Todos possuem apoio suficiente para conseguir as indicações, por mais estranho que seja pensar que a bancada vá indicar 3 filmes da mesma distribuidora. O fato desses três filmes serem fortes acaba enfraquecendo Passing, que parece ter sido deixado de lado pela empresa.


Outros filmes com grandes chances são West Side Story, Dune e CODA, que tem tido um ótimo desempenho nos principais precursores. Drive My Car que venceu o NYFCC e o LAFCA é um possível spoiler na categoria. O filme tem sido bem recebido pelas associações dos críticos, resta saber se o apoio dado por eles será o suficiente para levar o filme às categorias principais do Oscar.


Apostas finais:
1. The Power of the Dog
2. West Side Story
3. CODA
4. The Lost Daughter
5. Tick, Tick...Boom